Musicoterapia

Segundo a Federação Mundial de Musicoterapia (1996), musicoterapia é “a utilização da música e/ou dos seus elementos (som, ritmo, melodia e harmonia) por um musicoterapeuta qualificado, com um cliente ou em grupo”.

Esta intervenção pressupõe a existência de um processo planificado com o objetivo de facilitar e promover a comunicação, a relação, a aprendizagem, a mobilidade, a expressão ou outros objetivos terapêuticos importantes que vão ao encontro das necessidades físicas, emocionais, mentais, sociais ou cognitivas desse(s) mesmo(s) cliente(s).

Neste processo sistemático de intervenção, o terapeuta auxilia o cliente na promoção da sua saúde, não só através de experiências musicais, mas sobretudo através da relação terapêutica estabelecida que constitui uma força dinâmica de mudança.

Qualquer indivíduo, independentemente do seu estádio de desenvolvimento, pode beneficiar desta intervenção.